O campeão FC Porto chega ao Bessa como líder no campeonato, depois de se apurar também para os oitavos de final da Liga dos Campeões, após uam vitória por 3-1 sobre o Schalke 04, enquanto o Boavista não vence na Liga há três jogos e está em zona de descida (16.º).

A história recente está do lado dos 'dragões', que venceram sempre no terreno rival desde que os 'axadrezados' regressaram ao principal escalão em 2014/15, com quatro triunfos na Liga e um na Taça de Portugal.

O dérbi portuense está agendado para domingo às 20:00, já depois de Benfica (4.º), eliminado com estrondo na Liga dos Campeões após ser goleado pelo Bayern (5-1), e Sporting de Braga (3.º) jogarem no sábado, ambos em casa

No FC Porto, Aboubakar, com uma rotura nos ligamentos, continua a ser a principal baixa nos 'dragões', e no Boavista, Fábio Espinho esteve lesionado e falhou o apuramento na Taça, mas deverá ser avaliado para o jogo de domingo.

Antes, no sábado, o Benfica regressa ao Estádio da Luz, num momento em que tem pouca margem de manobra entre os seus adeptos, que têm elevado as críticas ao futebol sem ideias e resultados do conjunto 'encarnado'.

A equipa -- derrotada por Belenenses e Moreirense, apurada nos descontos na Taça, com o Arouca, da II Liga, e eliminada com goleada na Liga dos Campeões -, está longe de convencer, e o treinador Rui Vitória não tem apresentado soluções.

O Feirense, um lugar acima da linha de descida, mas com os mesmos nove pontos de Boavista e Nacional, é o rival que se segue, perante um Benfica proibido de perder pontos (uma vez mais) e que em casa tem cada vez menos tolerância dos seus adeptos.

Com o jogo na Luz com início marcado para as 18:00 de sábado, no mesmo dia, um pouco mais tarde, às 20:30, entra em ação o Sporting de Braga (3.º), que recebe o Moreirense (6.º) e pode igualar o FC Porto provisoriamente na liderança.

Os campeões nacionais só entram em campo no domingo, e o Sporting (2.º), que ainda jogará hoje com o Qarabag para a Liga Europa, fecha a ronda na segunda-feira, com uma difícil visita ao Rio Ave (20:15).

Na I Liga, após paragem para seleções e Taça de Portugal, será a estreia do holandês Marcel Keizer no banco 'leonino' para o campeonato, depois dos jogos na Taça de Portugal com o Lusitano Vildemoinhos e na Liga Europa com o Qarabag.

Será um teste a doer para o treinador holandês, substituto de José Peseiro, frente a um Rio Ave quinto classificado, que ainda não perdeu em Vila do Conde esta época, com quatro triunfos e um empate.

Quem se estreará também nesta 11.ª jornada será o treinador Petit, que na terça-feira assumiu o comando do Marítimo, face ao despedimento de Cláudio Braga, com a eliminação em casa, com o Feirense (3-0), da Taça de Portugal.

Os madeirenses não vencem desde 02 de setembro, na visita ao Desportivo das Aves, na I Liga, seguindo-se dez jogos, com oito derrotas e dois empates, num acumulado entre todas as competições nacionais.

Em 13.º. os insulares recebem no sábado o Vitória de Setúbal (8.º), às 15:30, numa ronda que arranca ainda na sexta-feira, com a receção do Santa Clara (9.º) ao Belenenses (10.º), com as duas equipas separadas apenas por dois pontos.

No domingo, o treinador Luís Castro, do Vitória de Guimarães (7.º) regressa a Chaves (18.º), equipa que treinou na última época e que atualmente, sob o comando de Daniel Ramos (ex-Marítimo), está afundada no último lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.