A recente entrevista de Desmarets a um site gaulês, onde mostrou-se indisponível para a renovação, fez elogios ao rival Sp. Braga e confessara ter um salário entre 20 a 30 mil euros, não caiu bem no seio do V. Guimarães e a 'bronca' estalou ontem no balneário, segundo o jornal A Bola.

O presidente do clube teria ido ao balneário para explicar as razões de um pequeno atraso no pagamento do salário dos jogadores, mas acabou por envolver-se numa discussão acesa com Desmarets, onde o jogador voltou a repetir tudo o que disse ao site do seu país, não escondendo uma certa animosidade.

Por outro lado, a ira de Emílio Macedo foi tal, que a porta de saída do jogador ficou agora bem aberta, depois de quatro anos de ligação entre as partes. Fonte da direcção esclareceu ainda ao jornal que o francês aufere cerca de 10 mil euros/mês e não entre 20 a 30 mil, como referiu na citada entrevista.

Quem ainda não se pronunciou sobre esta situação foi o treinador Paulo Sérgio, responsável maior pela recuperação da equipa nos últimos encontros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.