O extremo Diogo Valente, autor do golo que permitiu hoje à Académica vencer em Setúbal (1-0), no arranque da 12.ª jornada da Liga de futebol, salientou hoje o espírito de sacrifício e a atitude da equipa.

“Se foi uma vitória justa? Penso que sim. O Vitória de Setúbal teve muita posse de bola, mas não criou muitas oportunidades”, disse Diogo Valente, reconhecendo também que “a Académica não conseguiu jogar o seu futebol habitual”.

De acordo com o ex-jogador do FC Porto, e por culpa do adversário, foi uma vitória difícil de conquistar: “Sofremos, mas devo salientar o espírito de sacrifício e a atitude de toda a equipa”.

Cumpridos 12 encontros, a Académica soma já 18 pontos e está, provisoriamente, no quarto lugar, em igualdade pontual com o Sporting, quinto.

“Não pensamos na Europa. Queremos é conquistar os pontos que nos permitam assegurar a manutenção o mais rapidamente possível”, frisou Diogo Valente.

"Quando esse objectivo estiver cumprido, outros podem surgir: “Depois, tentaremos a melhor classificação, ficar o mais acima possível”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.