O defesa brasileiro Djavan terminou hoje a ligação ao Moreirense, ao acordar a rescisão do vínculo contratual extensível até junho de 2021, confirmou à agência Lusa fonte do clube da I Liga portuguesa de futebol.

O lateral esquerdo, de 32 anos, cumpriu 12 encontros na primeira temporada em Moreira de Cónegos e deixou de integrar as opções do treinador Ricardo Soares no defeso, face à concorrência do luso-guineense Abdu Conté e do reforço Pedro Amador.

Antes do Moreirense, o canhoto representou Académica, Sporting de Braga e Desportivo de Chaves e conquistou uma Taça de Portugal pelos ‘arsenalistas’, em 2015/16, num percurso iniciado nos brasileiros do Astro, Feirense, Corinthians Alagoano e CRB.

Djavan é a 22.ª saída oficializada pelos ‘cónegos’, além de nomes como o guarda-redes Pedro Trigueira, os defesas Iago Santos, João Aurélio e Rafik Halliche, o médio Nuno Santos e os avançados Bilel, David Texeira, Gabrielzinho, Luther Singh e Nenê.

O Moreirense estreou-se na I Liga com um triunfo sobre o Farense (2-0) e uma derrota na visita ao Benfica (0-2), abrindo a terceira ronda diante do Boavista na sexta-feira, às 19:00, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.