Domingos Paciência antevê um jogo difícil diante do Beira-Mar e por isso pede um Braga agressivo e motivado para vencer o embate da 10ª jornada, como forma de dar continuidade aos bons resultados conseguidos recentemente na Liga dos Campeões.

"Jogos fáceis não há. O Beira-Mar já provou nos jogos com os denominados grandes que é capaz de criar muitas dificuldades. Mas jogamos em casa, teremos o apoio dos nossos adeptos, temos que pensar em ganhar e fazê-lo de forma consistente. Espero que a equipa tenha uma abordagem séria e agressiva, semelhante à exibida no último jogo, para a Champions. Se isso acontecer, o triunfo será uma realidade", afirmou o técnico do Braga, na antevisão do jogo deste domingo.

Face ao aviso lançado por Leonardo Jardim, treinador do Beira-Mar, onde este disse que os aveirenses iam jogar sem medo no reduto do vice-campeão, Domingos Paciência elogia a vontade demonstrada pelo rival: "Se o treinador do Beira-Mar diz isso, é bom para todos e é bom para o espectáculo. Mas sabemos que num jogo de futebol nem sempre é possível concretizarmos o que temos em mente."

Questionado sobre o aparente menor rendimento a nível interno relativamente ao 2009/10, Domingos explica as diferenças para o actual campeonato. "Se calhar, o FC Porto embalou muito cedo. Há um ano, estivemos muito tempo na frente, mas não conseguimos descolar do segundo lugar, como fez o FC Porto", concluiu.

O Braga defronta este domingo o Beira-Mar às 18h00, em jogo da 10ª jornada da Liga. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.