Vitória de Guimarães e FC Porto empataram, este domingo, a um golo em jogo da quarta jornada da I Liga, disputado no Estádio D. Afonso Henriques. Os dois golos, apontados por Jackson e Bernard, surgiram ambos na conversão de grande penalidade.

Em relação ao último onze apresentado por Julen Lopetegui, contra o Moreirense no Dragão, Ricardo Quaresma voltou ao banco de suplentes - e lá ficou o tempo todo -, entrando Brahimi para o lugar do extremo português. Adrián López nem chegou a ser convocado por opção técnica e por isso foi Quintero a tomar conta do lugar do espanhol.

Os Dragões começaram o jogo com dificuldades em arranjar espaço para sair a jogar pelo corredor central. Nota muito positiva para os movimentos de Bernard do lado vimaranense durante todo o encontro.

Perto do minuto 30, o árbitro Paulo Baptista teve de interromper o jogo por escaramuças na bancada onde estava a claque da equipa minhota. A polícia de intervenção foi obrigado a intervir para serenar os ânimos no estádio, enquanto alguns adeptos arrancavam cadeiras e arremessavam contra a polícia.

Uma boa primeira parte, com bons momentos de futebol para os dois lados. Os Dragões estiveram muito agressivos na parte ofensiva e os minhotos estiveram bem organizados no meio-campo. Destaque ainda para os guarda-redes do encontro, Douglas e Fabiano.

Já na segunda parte, aos 60 minutos, o FC Porto chegou à vantagem na conversão de uma grande penalidade, apontada pelo avançado colombiano Jackson Martínez. A falta surgiu quando Brahimi entrou na área e foi agarrado por Bruno Gaspar.

Tal como o FC Porto, o Vitória de Guimarães chegou ao golo na conversão de uma grande penalidade, apontada com sucesso por parte de Bernard. André André caiu na área num lance aparentemente inofensivo com Jackson e o árbitro apitou para o penálti, com muitos protestos por parte do treinador portista Lopetegui.

Nota ainda para a entrada do camaronês Aboubakar na equipa do FC Porto aos 90 minutos.

O encontro terminou empatado a um golo e as duas equipas repartem pontos, fazendo com que sejam agora quatro equipas no pelotão da frente com 10 pontos: Rio Ave, Benfica, Vitória de Guimarães e FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.