O FC Porto, por intermédio da publicação "Dragões Diário" respondeu à Federação Portuguesa de Futebol, depois do organismo ter assegurado que se fez representar na partida do FC Porto frente ao Chelsea pelo vice-presidente Elísio Carneiro. Os "dragões" referem que o dirigente marcou presença no estádio a título pessoal e não institucional.

"Mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo diz o ditado popular que se aplica na perfeição à desculpa esfarrapada da Federação Portuguesa de Futebol, que perante a vergonha de não estar representada no jogo com o Chelsea andou a passar aos media que se fez representar pelo vice-presidente Elísio Carneiro. Azar, Elísio Carneiro esclareceu que sim senhor, esteve no Dragão, num camarote de empresa, na condição de sócio do FC Porto. "Estive a título individual", pode ler-se no artigo da publicação "azul e branca".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.