Em jogo da 13ª jornada, o FC Porto está, ao fim dos primeiros quarenta e cinco minutos, à frente no marcador, no Estádio do Dragão, a ser disputado com o Vitória de Setúbal de Manuel Fernandes.

No início do encontro, aos 5 minutos, de bola parada, Belluschi envia a bola com violência ao ferro da baliza de Mário Felgueiras.

A trave parecia ser o pior inimigo do FC Porto, quando, mais uma vez, Raul Meireles chuta a bola com muita força mas a bola choca no ferro da baliza do Vitória. Mário Felgueiras ainda desvia a bola. Passavam 17 minutos da primeira parte. Do pontapé de canto nasceu uma situação de perigo para os sadinos mas não passou de um susto.

Aos 22 minutos nasceu o golo que colocava O FC Porto em vantagem e mais perto dos três valiosos pontos que os colocam muito perto do lugar cimeiro da tabela, ocupado por Braga e Benfica. Farías recebeu a bola na grande área, rodopiou e rematou com força para fundo das redes.

O FC Porto precisava de alargar a vantagem e, dois minutos depois do primeiro golo, Varela fez a vontade aos adeptos presentes no Estádio do Dragão. Depois de um alívio de bola de Mário Felgueiras, o português remata com potencia à entrada da grande área e a bola acaba por entrar. Estava feito o segundo do FC Porto.

Depois do golo, o Vitória de Setúbal parecia não querer acordar e dar a volta ao resultado, deixando o FC Porto “jogar” no meio-campo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.