Os 32 pontos de diferença entre o FC Porto, campeão virtual, e o Sporting, quarto na Liga portuguesa de futebol, correspondem à maior diferença pontual, desde 1995/96, entre as duas equipas antes da 27.ª jornada.

A actual diferença pontual do FC Porto, de André Villas-Boas, sobre o Sporting, de José Couceiro, é também a maior antes de um “clássico” entre as duas equipas, superando os 24 pontos de vantagem dos “dragões” antes da 34.ª jornada de 2002/03, sob o comando de José Mourinho, e os 20 à 26.ª ronda de 1997/98, com orientação de António Oliveira.

Nas últimas 15 edições do campeonato, desde que o sistema de pontuação consagra três pontos por vitória, os “dragões” estiveram à frente dos “leões” em 12 ocasiões, após os primeiros 26 jogos.

Até à presente temporada, as maiores vantagens nesta ronda saldavam-se em 20 pontos, na época de 2007/08, com Jesualdo Ferreira no banco dos “azuis e brancos”, e em 2002/03, sob orientação de José Mourinho.

Na última época, apesar da supremacia do Benfica, o actual treinador dos gregos do Panathinaikos dobrou a 26.ª ronda com uma diferença de 15 pontos sobre os “verde e brancos”, enquanto o britânico Bobby Robson angariou 18 pontos de vantagem, em 1995/96, mais um do que António Oliveira, em 1997/98.

Desde 1995/96, só Augusto Inácio, em 1999/2000, e o romeno Laszlo Boloni, em 2001/02, chegaram à 27.ª jornada do campeonato à frente do FC Porto, com uma vantagem de um e nove pontos, respectivamente. Em 2000/01 e 2004/05, os dois clubes estavam em igualdade pontual.

O FC Porto, com 74 pontos e já com o título de campeão assegurado, recebe no domingo o Sporting, quarto classificado com 42 pontos, às 20h15, no Estádio do Dragão, no Porto, em jogo da 27.ª jornada da Liga, que será dirigido por Artur Soares Dias, do Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.