O jogador brasileiro afirmou que viu Cardozo agredir Fucile e ficou revoltado quando viu Jorge Sousa mostrar apenas o amarelo.

«Não gosto de falar em arbitragem depois do jogo. Mas tenho 25 anos, já me estreieu há sete no futebol profissional e é primeira vez que vejo no futebol um jogador ser agredido e o agressor só levar cartão amarelo. Nunca vi», começou por dizer Hulk, esta sexta-feira, no Estádio do Dragão.

«Nessa altura o jogo estava 1-0 e eles iam ficar com um jogador a menos mas temos de levantar a cabeça e continuar. Estarmos de parabéns, ainda falta muito campeonato pela frente. Acho que o FC Porto não se acomodou, tínhamos o jogo controlado e tivemos a infelicidade de sofrer o golo. Se olharmos para os lances do jogo o resultado foi injusto, não fomos felizes nas finalizações», acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.