Humberto Coelho, antigo internacional e atual vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol considera que a cerimónia de transladação de Eusébio para o panteão nacional teve um grande significado.

"Eusébio foi um embaixador de Portugal, um expoente máximo do futebol português, brilhou em todos os palcos do Mundo, portanto é uma justa homenagem do povo português. Estou orgulhoso de pertencer a uma classe que hoje foi bem homenageada", afirmou.

"Acho que é a eternização de um amigo. Para mim o Eusébio não é um mito, é um amigo que vai ser sempre lembrado pelos melhores momentos que ele me fez passar, não só como amigo na sociedade, mas também no terreno como jogador", salientou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.