"É uma situação nova para mim. Nunca tinha acontecido. Foi uma experiência muito boa e que contribuiu para ficar na história com feitos extraordinários", afirmou José Mota na despedida do clube de Matosinhos, recordando a campanha da época passada, em que a equipa andou grande parte do campeonato nos lugares cimeiros e ele próprio foi considerado como o 'técnico sensação' de 2008/09.

Confrontado com o 15º e penúltimo lugar em que deixa a equipa, José Mota mantém-se esperançado na manutenção da equipa na Liga. "Não é o momento de falar de todas as adversidades. O Leixões tem todas as condições para conseguir cumprir os objectivos a que se propôs no início da época", frisou.

O nome do sucessor de José Mota deverá ser revelado esta tarde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.