O Benfica venceu o Arouca por 3-1, em encontro da 19ª jornada da I Liga e ainda sonhou com a liderança antes do Sporting entrar em campo.

62 minutos. Entrada de Gaitán depois de algumas semanas de ausência por lesão, a maior ovação da noite para um grande jogador. O mágico está de volta. O extremo regressou aos relvados e voltou a mostrar o seu perfume. Sublime o passe de calcanhar do argentino a isolar Talisca, que só não deu golo porque Bracali assim não o quis.

Rui Vitória colocou Samaris no lugar no lesionado Fejsa e Mitroglou fez dupla com Jonas na frente de ataque.

O que parecia acessível: o encontro frente ao Arouca no estádio da Luz cedo se tornou fácil. Logo aos dois minutos, Pizzi abriu o ativo num forte remate, depois de assistência primorosa de Jonas, naquela que viria a ser uma tarde/noite tranquila para as bandas “encarnadas”. Ainda antes dos 20 minutos, as “águias” fizeram o 2-0, com um golo de Mitroglou, num lance de grande categoria do jogador grego que desviou de calcanhar para o fundo da baliza.

O Arouca foi inoperante na primeira parte, não conseguiu sequer fazer um remate digno desse nome à baliza de Júlio César.

O Benfica entrou de facto muito forte e disposto a arrumar o jogo. Teve um punhado de oportunidades que poderiam ter morto o jogo ainda na primeira parte, mas o veio o intervalo com 2-0 para os donos da casa.

No segundo tempo o Benfica, descansado pela confortável vantagem, deixou-se adormecer. Beneficiou disso o Arouca, que por intermédio de Maurides ainda colocou duas vezes Júlio César à prova. Um pouco contra a corrente do jogo, a equipa da Luz respondeu à ineficácia da turma de Lito Vidigal com mais um tento. Depois de Bracali defender um primeiro remate de Mitroglou, Jonas na recarga não perdoou e reforçou o estatuto de melhor artilheiro do campeonato com 19 golos.

Já muito perto do final, Velasquez com um golpe de cabeça apontou o golo de honra para os forasteiros. Ainda assim, a vitória “encarnada” não sofreu contestação.

O Benfica acabou o jogo a sonhar com uma liderança que acabou por ser “sol de pouca dura”, já que o Sporting confirmou o seu estatuto de líder e venceu de forma categórica o Paços de Ferreira por 3-1. Com este triunfo, o Benfica somou a sua 8ª vitória seguida em todas as competições.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.