Apesar da massa associativa rondar os 30 mil, esta tarde 11 mil sócios podiam exercer o direito de voto, o que corresponde ao número de associados com as quotas em dia, mas apenas 5408 o fizeram de facto.

Emilio Macedo, da Lista B, reuniu 3302 votos, o que corresponde a 61 por cento dos votos, enquanto Manuel Pinto Brasil, da Lista A, obteve 32 por cento (1721 associados). Houve ainda 59 votos nulos (1%) e 326 em branco (6%).

"Agradeço aos sócios pelo empenho e sacrífico em ter ido votar", afirmou Emílio Macedo da Silva já em festa, na sede de campanha, em Guimarães.

Para os próximos três anos, o presidente do Vitória de Guimarães promete "continuar a trabalhar". "Passámos algumas dificuldades mas a experiência anterior dá-nos expectativas para fazer mais e melhor", acrescentou.

Macedo da Silva gostava de ver um Vitória de Guimarães "campeão". "Mas não vou prometer isso aos sócios. Pelo menos quero ganhar um troféu porque o Vitória já merece, e tudo vamos fazer para garantir isso aos vitorianos", concluiu.

Emilio Macedo estará à frente dos destinos vimaranenses por mais três anos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.