Paulo Fonseca revelou que este novo FC Porto já está mais perto daquilo que pretende para a nova época de futebol que se avizinha. 
«Já estamos mais próximos. Temos muito a melhorar, já se viu muita coisa daquilo que queremos e temos ensaiado. Isso é bom. Os jogadores têm acreditado na mensagem que temos passado. A equipa está a responder de forma bastante positiva às exigências dos jogos e do que tem sido solicitado pela equipa técnica. Estou obviamente muito satisfeito».
«Espero dar continuidade à história do clube», acrescentou.
O técnico de 40 anos admite que não gostaria de ver mais jogadores a saírem do plantel.
«Isso pode sempre acontecer. Espero não perder, mas também já disse que o FC Porto sempre soube colmatar perdas, porque temos um leque alargado de jogadores. Há jogadores jovens que podem aparecer e até dentro do plantel há soluções que podem ser encontradas. A verdade é que continuo com dúvidas, mas há de chegar a altura que, face ao número de jogadores, terão de ser tomadas decisões, tendo em conta os interesses do FC Porto e de todos».
Com um troféu (Supertaça Cândido de Oliveira) já no seu palmarés, Paulo Fonseca lembra que «o FC Porto reforçou o estatuto de clube com mais títulos em Portugal».
«Reforçámos a nossa motivação e confiança para o que aí vem. Estou ao serviço do clube e é fundamental sublinhar que o FC Porto reforçou a supremacia no número de títulos. Não sou muito dado a euforias, mas é claro que fico satisfeito».
* Apesar de ter sido solicitada, o FC Porto não demonstrou abertura para a realização de uma entrevista ao treinador Paulo Fonseca. Como consequência, este trabalho reflete as declarações do treinador ao longo da pré-época.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.