Carlos Freitas foi o único elemento do Sporting a dirigir-se à zona mista do Estádio do Dragão para falar sobre o resto da época para os Leões e ainda a arbitragem de Artur Soares Dias.

«Há nove pontos em disputa, o nosso concorrente mais directo [O Sporting de Braga] tem 12 para disputar. Cabe-nos ganhar os nove que restam e não fazer contas», disse, este domingo Carlos Freitas.

«Estamos a fazer um esforço enorme por recuperar os índices de confiança numa equipa que tem sido fustigada ao longo desta época. Assumimos alguns erros neste jogo que levaram a uma ineficácia na concretização e temos de evitar distracções»;

«É fácil prejudicar o Sporting. Não há nenhum jogador da nossa equipa que tenha tocado no Helton [no momento em que se lesionou e teve de se ser substituído]. Espero ainda que a visão de Artur Soares Dias melhore na próxima época, ele não viu um penálti claríssimo [mão de Rolando na grande área portista]»;

«Não há varinhas de condão que mudem a história de um dia para o outro. O Sporting é um clube de glórias e não pode ser afectado pelo que aconteceu nas duas últimas épocas. Os jogadores sentem uma vontade enorme de dar a volta a estes maus resultados».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.