Se Benfica, FC Porto e Sporting são os crónicos candidatos ao título em Portugal, as lutas pelas posições seguintes também tem os seus candidatos históricos. Com apenas três vagas disponíveis para a Liga Europa, a luta promete ser a seis: O SC Braga, que até pode intrometer-se por um lugar de Champions, deverá ter uma luta renhida com Vitória de Guimarães, Nacional, Marítimo, Rio Ave e Belenenses.

Dos seis candidatos o Braga é aquele que tem mais soluções e afigura-se como principal candidato ser o melhor dos "pequenos". Os minhotos apostaram em Paulo Fonseca, treinador que fez duas grandes épocas ao serviço do Paços Ferreira (pelo meio, uma passagem infeliz pelo FC Porto). É verdade que os "guerreiros" perderam vários titulares, como Pardo, Rúben Micael, Danilo, Zé Luís, Éder, mas o encaixe de 18,5 milhões de euros (a melhor receita de sempre) permitiu ao clube contratar reforços capazes de brilhar na Pedreira. Os brasileiros Rodrigo Pinho e Crislan e o português Rui Fonte podem ajudar Fonseca e chegar aos objetivos.

O Nacional da Madeira ficou a apenas um ponto da Europa na época transata mas Manuel Machado não vai querer ver fugir o objetivo pelo segundo ano seguido. Apesar de ter perdido Marco Matias e Lucas João, o clube manteve a espinha dorsal da época passada e continua no mercado à procura de mais soluções para o plantel. A permanência do técnico Manuel Machado é um trunfo para colocar o clube madeirense no caminho europeu.

O Marítimo é um dos grandes rivais dos alvinegros nessa luta europeia. Na última década ficaram atrás do Nacional em sete ocasiões mas este ano Carlos Pereira e os seus pares quer dar a volta a esta estatística. Para tal, os rubro-negros contrataram o central brasileiro Dirceu e o médio ofensivo Ghazaryan, estrela do futebol arménio. Ivo Vieira permanece no comando terá a tarefa de continuar a o apostar em jovens da cantera e levar o clube a Liga Europeia.

Com um plantel cem por cento português, o Belenenses aposta em Ricardo Sá Pinto para devolver a glória ao clube do Restelo. Para já, o antigo treinador do Sporting vai dando cartas, ao entrar nos play-off de acesso a fase de grupos da Liga Europa. Os azuis do Restelo perderam Deyverson, Pelé e Rui Fonte mas foram buscar o experiente Tonel para a defesa e ainda receberam o jovem Rúben Pinto do Benfica. É o único clube com um plantel 100 por cento português, sendo Carlos Martins o grande maestro da equipa. Uma possível entrada na fase de grupos da Liga Europa poderá dificultar os objetivos do clube em chegar a lugar europeu, tal como aconteceu com o Estoril e Rio Ave na época passada.

A saída de Rui Vitória não coloca o Vitória de Guimarães fora da equação "europeia". O clube minhoto cresceu e muito nos últimos anos graças ao trabalho do agora treinador do Benfica. Armando Evangelista, antigo adjunto de Rui Vitória e treinador da equipa B foi o escolhido por Júlio Mends para liderar os destinos dos "conquistadores" que sofreram um duro golpe nas aspirações, ao serem afastados da Liga Europa pelo desconhecido Altach (Hungria). A equipa perdeu, Bernard, André André, Jonathan Alves, mas ganhou reforços de peso como Tozé, Licá, Montoya, Bruno Mendes e Henrique Dorado, além de novo empréstimo de Otávio. Nomes e qualidade mais que suficientes para colocar o Vitória de Guimarães a lutar por um lugar europeu.

Nesta luta por um lugar europeu, é imperioso falar do Rio Ave. O clube de Vila do Conde esteve na prova na temporada passada e mesmo assim andou a lutar por um lugar que lhe garantisse a Europa este ano. O desgaste provocado pelos jogos a meio da semana e ao fim-de-semana foi determinante na classificação. O 10.º lugar foi o que Pedro Martins e seus pares conseguiram mas este ano o técnico promete voltar a colocar a formação de Vila do Conde no caminho da Liga Europa, mesmo tendo em conta que perdeu Prince, Tiago Pinto, Boateng, Del Valle, Diego Lopes, Elderson, Felipe Augusto, Esmael Gonçalves e Pape Sow e prepara-se para perder Ukra. Agora só com a Liga e as provas internas no calendário, o Rio Ave promete intrometer-se na luta pela Europa.

Apesar de serem estes os candidatos mais sérios aos lugares que dão acesso a Liga Europa, não será de estranhar se clubes como Estoril ou Moreirense intrometerem nessa luta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.