O Sporting de Jorge Jesus não sabe o que é vencer após os jogos da Liga dos Campeões. E já são sete os pontos perdidos no campeonato, após os encontros nas competições europeias. E poderia ainda ser pior: Caso Campbell ao cair do pano não tivesse empatado a partida e evitado o escândalo que seria a derrota frente ao Tondela.

Após a grande exibição dos "leões" frente ao Real Madrid (culminou numa derrota por 1-2 no Santiago Bernabéu), o clube de Alvalade cedeu os primeiros pontos na Liga e logo com uma derrota. Em Vila do Conde, o Sporting caiu sem apelo nem agravo (3-1) Só aos 82 minutos, Bas Dost apontou o tento de honra.

Na segunda partida na Champions, a equipa de Jorge Jesus desembaraçou-se sem grande dificuldade do Legia em Alvalade, com os golos a serem marcados ainda no primeiro tempo. Bryan Ruiz e Bas Dost fizeram os tentos da equipa de Alvalade. O pior foi depois: Nova deslocação a norte e mais um resultado negativo. Em Guimarães, depois de se ver a vencer por 3-0, o clube verde-e-branco deixou-se empatar nos últimos 20 minutos finais da partida e perdeu mais dois pontos.

Na último sábado repetiu-se o filme: Antes de mais uma partida para o campeonato, o Sporting recebeu na última terça-feira o poderoso Dortmund em Alvalade e acabou derrotado por 1-2. O Dortmund adiantou-se para 2-0 ainda na primeira parte, com tentos de Aubameyang e Weigl. Já na segunda-parte, os “leões” ainda marcaram um golo por intermédio de Bruno César, mas ainda assim não conseguiram evitar novo resultado negativo. O Tondela parecia à partida o adversário ideal para o Sporting recuperar do desgosto europeu, mas a equipa de Jorge Jesus não fez mais do que impedir que a equipa de Petit saísse de Alvalade com os três pontos.

Razões para os maus resultados

Desgaste?

O Sporting não está a conviver bem com o facto de jogar duas vezes por semana. Apesar de nos jogos da Champions, a equipa ter que apresentar mais intensidade frente a equipas de maior ritmo e gabarito, com é o caso do Dortmund e do Real Madrid, o desgaste não pode ser desculpa, ainda por cima devido ao facto de ainda se estar no início de temporada. O próprio Jorge Jesus admitiu no final da partida com o Tondela que não o cansaço não pode servir de justificação.

Falta de Adrien e ineficácia dos reforços

Uma equipa que quer ser campeã não pode estar dependente de um jogador. Contudo, o Sporting tem demonstrado que sofre com a falta do seu principal dínamo no meio campo. Adrien é um jogador que pressiona muito no miolo do terreno, e sem essa pedra o Sporting fica demasiado macio. Também no ataque o Sporting está claramente a sentir-se órfão de um jogador como Slimani, pela forma como o argelino sufocava os adversários com correrias desenfreadas a proporcionarem o erro da equipa contrária. Ainda não há substitutos que se vislumbrem para o capitão, que se encontra a recuperar de lesão. Elias, contratado no defeso,para colmatar a eventual saída do médio, ainda é um corpo estranho no meio campo leonino. Já dos reforços contratados, só Bas Dost está a confirmar até ao momento os créditos. Jogadores como Markovic, Campbell, André Filipe, Alan Ruiz, Castaignos, Petrovic continuam a ter que provar o motivo pelo qual foram contratados.

Na próxima sexta o Sporting tem a oportunidade de voltar aos triunfos, com uma deslocação à Choupana. Com a certeza porém que os "leões" estão proibidos de perder pontos. Já são cinco os pontos de desvantagem para o comandante da Liga, o Benfica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.