O treinador do Olhanense afirmou hoje que vencer sábado o Paços de Ferreira, em jogo em 27ª ronda da Liga de futebol, para regressar à «zona de conforto» da tabela classificativa.

«É um jogo importante, mas não há jogos decisivos. Os últimos resultados acabaram por beliscar a nossa zona de conforto e este jogo será um momento importante para vencermos, somarmos 31 pontos e ficarmos com mais conforto», assinalou Daúto Faquirá, na antevisão da partida.

Com um ciclo de oito jogos sem vitórias e quatro derrotas consecutivas, só há um objectivo na mente para a próxima partida: «Faltam quatro jornadas, ainda estamos numa situação confortável, mas queremos vencer este encontro para definir as coisas o mais depressa possível».

«Vamos ter que ser uma equipa paciente, inteligente, à espera dos momentos certos para desferir os golpes que têm de ser fatais», receitou Daúto Faquirá, que pediu o apoio do público: «Faço um apelo para que os nossos sócios compareçam em força no sábado e sejam o 12.º jogador, que neste jogo será determinante».

O treinador do Olhanense sublinhou que vai ter pela frente «um adversário difícil, uma boa equipa, forte nas transições, com bons jogadores, bom ritmo e objectivos iguais aos nossos».

«Além disso, eles vêm beliscados na sua auto-estima, espicaçados pelos seis golos sofridos em casa depois de terem sofrido outros cinco com o Benfica. Por tudo isso, vão dificultar-nos a vida», acrescentou sobre o Paços de Ferreira, que na última jornada perdeu em casa (1-6) com o Rio Ave.

O Olhanense, 13º classificado, com 28 pontos, recebe sábado o Paços de Ferreira, oitavo, com 33 pontos, em jogo marcado para as 19h15, com arbitragem de Hugo Miguel (Lisboa).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.