O FC Porto celebra esta segunda-feira o seu 127º aniversário e Jorge Nuno Pinto da Costa deu início às celebrações da data numa cerimónia junto dos bustos de Rui Filipe, Pavão e José Maria Pedroto que serviu de homenagem a todos os sócios, jogadores, treinadores e dirigentes portistas já falecidos.

Depois, o líder máximo dos 'azuis e brancos', juntamente com a restante direção do clube e com a presença do presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, foi hastear a bandeira do FC Porto junto à Porta 1 do Estádio do Dragão. Um ato simbólico que já se tornou tradição em dia de aniversário do clube mas que, ao contrário do que é hábito, não pôde desta feita contar com a presença do público na praça exterior do recinto, em virtude dos constrangimentos impostos pela pandemia da COVID-19.

Neste seu aniversário, o FC Porto irá aproveitar para, ao longo do dia, ir apresentando o nome dos vários galardoados com os 'Dragões de Ouro' 2020. O primeiro a ser conhecido foi o de Dirigente do Ano, atribuído a Joaquim Faria de Almeida, antigo vice-presidente e atual membro do Conselho Consultivo dos atuais campeões nacionais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.