O FC Porto informou esta quarta-feira, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que o defesa central espanhol Iván Marcano irá ficar afastado dos relvados durante pelo menos três meses, depois da operação cirúrgica a uma rotura do ligamento cruzado anterior do joelho direito a que foi submetido, em virtude da lesão que sofreu durante uma sessão de treinos orientada por Sérgio Conceição no complexo do Olival.

No comunicado, os 'dragões' informam que "a intervenção cirúrgica, realizada pelo Professor José Carlos Noronha na Ordem de São Francisco, no Porto, decorreu sem intercorrências, seguindo-se agora o plano de reabilitação adequado a este tipo de lesões. O período expectável para o afastamento da competição não será nunca inferior a três meses".

Marcano irá, desta forma, falhar não só o que falta jogar da presente temporada (dez jogos para a I Liga, que será retomada no próximo dia 3 de junho após a paragem ditada pela pandemia, e a final da Taça de Portugal, frente ao Benfica), como também o início dos trabalhos da próxima época.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.