Entre compras e vendas, os azuis e brancos encaixaram cerca de 27, 8 milhões de euros entre entradas e saídas no mercado de transferências.

O FC Porto foi dos 'três grandes' a equipa que mais investiu, gastando um total de 60,2 milhões de euros em compras. O objetivo passa por naturalmente recuperar o título de campeão nacional perdido para o Benfica no ano passado.

Em termos de vendas, a equipa portista lucrou cerca de 88 milhões de euros, com destaque para a saída de Éder Militão a troco de 50 milhões de euros.

Entradas: Marchesín (7,7 milhões de euros), Saravia (5,5 milhões de euros), Marcano (3 milhões de euros), Uribe (9 milhões de euros), Loum (compra após empréstimo - 6,5 milhões de euros), Nakajima (12 milhões de euros), Luis Díaz (7 milhões de euros), Zé Luís (7 milhões de euros).

Vendas: José Sá (2,5 milhões de euros), Éder Militão (50 milhões de euros), Felipe (20 milhões de euros), Óliver Torres (11 milhões de euros), Galeno (3,5 milhões de euros).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.