Depois da vitória do FC Porto sobre o Desportivo das Aves por 4-0, os jogadores portistas decidiram fazer a habitual roda no centro de relvado, sendo que esta é sempre feita perto da claque dos Super Dragões.

Depois, equipa e staff técnico dirigiram-se para o balneário, sem agradecer à claque. Seguiram-se assobios e cânticos como “O Porto é nosso e há de ser”.

Minutos depois, o capitão Herrera e a restante equipa foram até junto dos adeptos, que não abandonavam o relvado, para amenizar os ânimos.

Recorde-se que na passada jornada, o FC Porto empatou a dois golos em Vila do Conde e foi alvo de assobios e insultos.

“Os problemas da família ficam em família. Há um sentimento comum, o gosto e paixão pelo futebol e, neste caso, pelo FC Porto. Não fica bem revelar as coisas aqui para fora”.

*artigo atualizado às 23h23

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.