O FC Porto, líder destacado da I Liga, pode sagrar-se campeão português de futebol já na quinta-feira, na 31.ª jornada da prova, caso se imponha em Tondela e o perseguidor Benfica perca em Famalicão.

A equipa portuense dispõe de seis pontos de vantagem sobre o campeão nacional, sobre o qual tem vantagem no confronto direto em caso de empate, pelo que, se aumentar o avanço para nove pontos na próxima ronda – com outros tantos em disputa nas três jornadas finais -, assegurará, matematicamente, a conquista do título.

O Benfica ainda colocou alguma pressão sobre o líder na 30.ª jornada, ao vencer no sábado por 3-1 na receção ao Boavista, sob o comando técnico de Nélson Veríssimo, demonstrando também uma boa reação à saída do treinador Bruno Lage.

A formação treinada por Sérgio Conceição respondeu no domingo, com uma goleada por 5-0 na receção ao Belenenses SAD, que lhe permitiu restabelecer a vantagem de seis pontos na liderança da competição e encarar a próxima ronda com a perspetiva de se sagrar campeão, ainda que dependente do resultado do rival lisboeta.

O FC Porto será o primeiro a entrar em campo, às 19:15, no reduto do ‘aflito’ Tondela (15.º classificado, três pontos acima da zona de despromoção), enquanto o Benfica apenas começa a jogar às 21:30 em Famalicão, que no domingo subiu ao quinto lugar do campeonato e luta pelo acesso às competições europeias.

Caso as duas únicas equipas que ainda estão a discutir o título vençam os respetivos encontros, o FC Porto terá de esperar, pelo menos, mais alguns dias para poder ter nova oportunidade de festejar, nesse cenário apenas dependente de si próprio, quando receber o Sporting, terceiro colocado, na 32.ª jornada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.