O FC Porto tem mais três vitórias do que o Sporting no histórico dos 237 duelos futebolísticos entre os dois clubes, que se defrontam no sábado, no Dragão, para a 21.ª ronda da I Liga.

Entre jogos da I Liga, Taça de Portugal, Taça da Liga, Supertaça e Campeonato de Portugal, os ‘dragões’ somam 86 vitórias, contra 83 dos ‘leões’, que lideram em termos de golos, com mais 20 (336 contra 316). Os empates são 68.

Depois de seis jogos sem ganhar, o Sporting conseguiu na presente temporada acabar com a ‘malapata’, ao vencer os ‘dragões’ por 2-1 nas meias-finais da Taça da Liga, no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria.

Em 19 de janeiro, a formação portista adiantou-se já perto do final, aos 79 minutos, pelo maliano Marega, mas Jovane Cabral, entrado aos 77, vestiu a ‘capa’ de ‘herói’ e deu a volta ao jogo, com golos aos 86 e 90+4 minutos.

O habitual suplente dos ‘leões’ colocou o Sporting na final, na qual derrotaria o Sporting de Braga por 1-0, depois de, na primeira volta do campeonato, a equipa de Rúben Amorim já ter evitado a derrota com o fim à vista.

No Estádio José Alvalade, em 17 de outubro de 2020, o argentino Luciano Vietto, entretanto vendido aos sauditas do Al-Hilal, cotou-se como a figura do encontro, ao entrar aos 56 minutos e salvar os ‘leões’ do desaire, com um golo aos 87.

O Sporting até tinha começado melhor, adiantando-se com um tento do ex-benfiquista Nuno Santos, logo aos nove minutos, mas a formação de Sérgio Conceição deu a volta, com tentos do colombiano Uribe, aos 25, e do mexicano Corona, aos 45.

Caso tivesse vencido, o FC Porto teria somado a terceira vitória consecutiva, depois dos dois triunfos na I Liga de 2019/20: 2-1 em Alvalade, com tentos de Marega e Soares, contra um de Acuña, e 2-0 no Dragão, selado por Danilo e o maliano, num jogo que valeu a conquista do título.

Os ‘azuis e brancos’ já tinham ficado invictos em 2018/19, mas então com uma vitória e dois empates, o primeiro a zero, em Alvalade, para o campeonato, com o ‘onze’ do holandês Marcel Keizer a impedir o FC Porto de bater o recorde luso de triunfos consecutivos em todos as provas na mesma época.

Os comandados de Sérgio Conceição procuravam ‘desalojar’ da lista dos recordes os 18 do Benfica, em 2010/11.

O segundo embate disputou-se 14 dias depois, no Estádio Municipal de Braga, e o Sporting impôs-se ao FC Porto, mas apenas no desempate por grandes penalidades (3-1), pelo que, para a estatística, entrou o empate (1-1) nos 90 minutos.

Depois de duas igualdades, o FC Porto venceu por 2-1 no Dragão, com tentos ‘tardios’ de Danilo (78) e Herrera (87), depois de Luiz Phellype adiantar os ‘leões’ (61), resultado que não impediu, no entanto, o título do Benfica.

Antes do sucesso de Leiria, o Sporting não ganhava desde 18 de abril de 2018, dia em que, comandado por Jorge Jesus, tinha superado em casa os ‘dragões’ por 1-0, após prolongamento, com um tento de Coates, aos 84 minutos.

O jogo era respeitante à segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal e, como o FC Porto triunfara no Dragão por 1-0, o apuramento para a final decidiu-se nos penáltis, com o Sporting a prevalecer por 5-4.

Com os triunfos de 2018/19 e 2019/20, o FC Porto reforçou a vantagem no histórico, alcançada na segunda década do século XXI (desde 2010/11), com o dobro das vitórias (10 contra cinco) e mais sete golos marcados (27 contra 20).

Os ‘dragões’ superaram, assim, o Sporting pela quarta década consecutiva, após os triunfos parcelares nos anos 80 (13-5) e 90 (14-5), do século passado, e na primeira do presente século, ainda que de forma tangencial (11-10).

No século XXI, o FC Porto soma 21 vitórias, contra 16 do Sporting, mais 20 empates, com 64 golos para os ‘dragões’ e 58 para os ‘leões’.

O histórico entre os dois emblemas é ligeiramente favorável aos ‘azuis e brancos’, mas já foi dominado de forma vincada pelo Sporting, que, no final da década de 70, tinha mais 19 triunfos do que os ‘dragões’ (56 contra 37).

No que respeita ao campeonato, o FC Porto tem mais nove vitórias (68 contra 59), desnível que se deve aos jogos disputados em casa, onde os ‘dragões’ ganharam 48 e perderam apenas 14. O Sporting ainda lidera nos golos (247-242).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.