Após o final da votação, o brasileiro Laionel, autor desse segundo golo, falou do "orgulho" e da “felicidade” que sentiu quando recebeu essa distinção.
"Fiquei muito feliz e orgulhoso pelo facto de os sócios e os adeptos da Académica terem votado no meu golo para o melhor do ano. Estou muito grato a todos e espero retribuir com mais golos no futuro", disse Laionel.

A meio do meio-campo “encarnado”, e frente a frente com o compatriota Sidnei, o brasileiro viu o guarda-redes espanhol Roberto adiantado e disparou do “meio da rua” para marcar um grande golo, calando o "inferno" da Luz.

Um momento que confirmou o terceiro triunfo da Académica nos últimos quatro anos no Estádio da Luz e que atirou por terra, na primeira jornada, o campeão nacional, que na época anterior não havia perdido em casa.

Laionel não esqueceu ainda os companheiros de equipa e partilha a distinção que recebeu por todos os jogadores e funcionários do clube.

"Quando ganhamos, ganhamos todos. Quando perdemos, perdemos todos. Quero partilhar esta distinção com toda a gente no clube e estou certo que, no futuro, iremos dar muitas alegrias aos adeptos da Briosa”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.