O jogador do Marítimo Fernando Ferreira assegurou esta quarta-feira que a equipa ambiciona vencer no reduto do Vitória de Setúbal no sábado, em jogo da 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O clube insular vive um momento negativo, com três desaires seguidos para o campeonato (União da Madeira, FC Porto e Belenenses), mas o médio defende que o caminho é "em frente", para a partida no Bonfim.

"Como é óbvio, ninguém gosta de perder e as derrotas não nos satisfazem. Temos de corrigir os erros que cometemos porque não podemos voltar a repetir esses erros e trazer já os três pontos de Setúbal", afirmou, apesar de considerar que o jogo será difícil.

Dois dias após o fecho do mercado de transferências de janeiro, Fernando Ferreira disse que ainda é cedo para fazer um balanço das entradas e saídas do plantel e falou das contratações de Donald Djousse e Gevaro Nepomuceno.

"Ainda é cedo, dois jogadores chegaram agora, mas, com certeza, serão jogadores que irão acrescentar alguma coisa ao plantel", frisou.

O médio tem voltado a jogar depois de uma longa paragem em 2015, fruto de uma fratura no perónio da perna esquerda, uma "etapa difícil" que não desanima o futuro.

"Esta lesão grave não foi fácil, mas, com a ajuda de todos no clube, tenho conseguido voltar a jogar. Se calhar, muitas vezes, não no nível que gostaria de ter mas o ‘mister’ e os meus colegas têm-me ajudado imenso e acho que vou conseguir voltar aos níveis que atingi o ano passado", revelou.

As declarações do jogador foram feitas à margem da presença do Marítimo, que contou ainda com o treinador Nelo Vingada, num debate "Juntos na Escola, Sem Drogas" na Escola Secundária Dr. Luís Maurílio Dantas, em Câmara de Lobos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.