Com os chamados “desequilibradores” inconstantes, o médio Fernando tem sido fundamental “a cimentar” o jogo do FC Porto, a fechar “brechas” ou a suportar o balanço ofensivo da equipa na Liga portuguesa de futebol.

Determinar a importância de um jogador com parâmetros que revelam apenas um golo nos 20 jogos disputados no campeonato (esteve em 17, com 1358 minutos nas “pernas”) parece um exercício estranho aos critérios mais habituais, como os da concretização ou das assistências.

Porém, se fossem celebradas as vezes que Fernando recupera a bola para a equipa ou que impede o adversário de fazer golo, os adeptos portistas passariam os jogos a festejar a sua atuação.

O médio brasileiro, de 24 anos e a cumprir a quarta época ao serviço dos “dragões”, apenas assinou um golo até ao momento, na recente deslocação a Setúbal, onde os portistas venceram por 3-1.

Com alguns dos principais clubes italianos a “namorá-lo” no início da temporada, o jogador acabou por ficar mais um ano no FC Porto e é um dos “intocáveis” das estratégias de Vítor Pereira.

É, por isso, consensual a importância que Fernando tem tido, quando aparece a “varrer” as primeiras iniciativas adversárias na intermediária portista ou, com frequência, dobra os defesas em situações de emergência, tendo “desfeito” várias intenções de golo em zona de claro perigo para a baliza portista.

A reconquista da liderança, em parceria com o Benfica, à 20.ª jornada, coloca o FC Porto mais próximo do principal objetivo, razão pela qual se medem agora forças em campo e se identificam os principais “guerreiros”, onde outros nomes se podem evidenciar.

No entanto, Hulk sai “penalizado” nesta escolha por razões comparativas com a época anterior, longe da forma (e dos golos) apresentada na altura, James viu confirmada a sua importância na dinâmica ofensiva, mas nem sempre foi opção de Vítor Pereira. e Álvaro Pereira tem muitos “altos” e alguns “baixos” em prova.

Em resumo, se a consistência e a importância medível da atitude em campo de cada jogador permite alguma “ciência” analítica, é Fernando quem tem estado sempre ao mesmo (grande) nível, conforme as exigências competitivas da principal liga portuguesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.