O transplante de médula óssea ao qual o filho do futebolista internacional português do Benfica Carlos Martins foi hoje submetido, no Instituto Português de Oncologia de Lisboa, «decorreu sem incidentes e a criança encontra-se estável».

«De acordo com o que foi previamente comunicado, só serão prestadas declarações quando estiver prevista a alta do doente», acrescenta o comunicado daquela instituição hospitalar.

Gustavo Martins, com três anos, protagonizou uma grande campanha de solidariedade por iniciativa dos pais, a fim de ultrapassar a sua «aplasia medular».

Cerca de oito meses depois foi encontrado um dador compatível nos Estados Unidos da América e o procedimento realizou-se hoje, na capital lusa, já depois de Carlos Martins ter abandonado, por lesão, os trabalhos da seleção portuguesa de futebol, em estágio de preparação para o Europeu Ucrânia/Polónia2012.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.