Foi com os nervos à flor da pele - face à iminência de a atribuição do título da I Liga ficar desde já arrumada - que se viveu todo o encontro da noite de domingo entre FC Porto e Casa Pia, mas sobretudo os minutos finais, que culminaram com os dragões a darem a volta ao marcador com um golo assinado por Danny Namaso já no período de descontos.

O atacante inglês marcou aos 90+3', colocando o FC Porto a vencer por 2-1, com o Dragão a explodir de alegria, dando aso a muitos festejos por parte de adeptos, jogadores e staff azul e branco e os ânimos exaltaram-se, com Sérgio Conceição a fazer um gesto polémico em direção ao banco do Casa Pia (parecendo aludir a um eventual pagamento que os gansos iriam deixar de receber) e a travar também uma acesa troca de palavras com Vasco Matos, adjunto do Casa Pia.

VEJA O GESTO POLÉMICO DE SÉRGIO CONCEIÇÃO

Após o apito final, geraram-se igualmente momentos de confusão entre elementos das equipas técnicas das duas equipas no centro do relvado, com os elementos do Casa Pia.

Na conferência de imprensa que se seguiu à partida, Sérgio Conceição desvalorizou o sucedido: "Com o Filipe Martins não se passou nada. Houve elementos do banco de suplentes, situações do jogo, da paixão do jogo, de grandes emoções... faz parte".

Filipe Martins, treinador do Casa Pia, fez o mesmo: "Quando as pessoas estão dentro de um campo de futebol, a nossa tensão é exacerbada, é normal que muitas vezes se cometam excessos. São coisas do futebol e não quero comentar isso. Infelizmente, são coisas que acontecem e que vão acontecer mais vezes, mas não vamos dar demasiada relevância a esse episódio".

VEJA A CONFUSÃO NO FINAL DO ENCONTRO

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.