O antigo jogador do Sporting, Fito Rinaudo, falou com tristeza da forma como saiu do clube de Alvalade e apontou o dedo ao ex-presidente Bruno de Carvalho numa entrevista ao jornal O JOGO.

Em declarações ao referido diário desportivo, o jogador argentino assumiu o seu apoio ao candidato Frederico Varandas às eleições do Sporting e não poupou nas críticas a Bruno de Carvalho.

"Bruno de Carvalho foi o motivo pelo qual saí do Sporting. Fui o primeiro a desentender-me com ele. Vi logo o que era. Há uma grande diferença de personalidade para Frederico Varandas. Pelo que tenho visto, Bruno de Carvalho não só não mudou como ainda piorou. Foi doloroso para mim, gostava muito do Sporting...Era capitão, estava contente e foi uma grande tristeza sair. Com Bruno de Carvalho ou te adaptas ou vais embora. E eu tive de ir embora. Foi um pesadelo para o Sporting que já passou", afirmou o ex-jogador do Sporting.

Já em relação a Frederico Varandas, Fito Rinaudo não poupa elogios e revela como foi recebido pelo antigo responsável clínico do clube de Alvalade.

"Era o médico do clube quando cheguei. Tenho pouco para dizer dele, mas que é muito: desde o primeiro dia ele sentia a necessidade de te fazer saber o que era o Sporting, a sua dimensão. Era doente pelo clube, fazia-nos acreditar que o Sporting era um clube maior que o Barcelona, por exemplo. Contagiava e demonstrava a grandeza do clube. Tinha fanatismo, amor, paixão que contagiaram os jogadores, mas sempre de mão com coerência e seriedade. Não era fanático maluco. Falava a conhecer o clube por dentro, e por fora, como adepto. Inculcava o sangue leonino a todos", disse Rinaudo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.