Já estão resolvidos os problemas com as quotas do candidato à presidência do Benfica e por isso Rui Rangel mantém-se na corrida.

Em declarações ao jornal O JOGO, Rui Rangel referiu que tudo não passou de «um erro administrativo» e que fez o pagamento das quotas supostamente em atraso «sob protesto».

«Existiu um despacho do presidente da Assembleia Geral, Luís Nazaré, a reconhecer irregularidades no processo de transição do sistema manual para o informático, que prejudicou alguns sócios na numeração (…) Aceitei a decisão, mas fiz o pagamento sob protesto, por estar a fazer um segundo pagamento devido a um erro administrativo», referiu.

Em causa estariam o pagamento das quotas entre 1985 e 1990.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto