Simões de Almeida, antigo vice-presidente do Sporting, abordou o período de crise do clube leonino e as decisões de Bruno de Carvalho, que irá retirar poder a Jorge Jesus no que toca às contratações.

"Estará implícita uma crítica, mas que também se aplica a ele. Porque o pior de todos os reforços foi ele que foi buscar, sem o treinador saber: o Markovic. E ainda o Castaignos. Assim, a culpa ser só do treinador não é verdade", atirou Simões de Almeida em entrevista ao jornal O Jogo.

O antigo dirigente dos 'leões' comentou a hipótese de Jorge Jesus ficar apenas por uma questão financeira, dado o elevado custo da sua rescisão, numa altura em que se aproximam as eleições.

"Acho que é uma hipótese que não se põe. Seria o fim de tudo mudar de treinador agora. É o erro dos anos anteriores. Por uma questão de bom senso, é uma questão de bom senso que não se deve colocar. Mas a questão financeira também pode pesar", admitiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.