Apesar dos maus resultados desportivos alcançados pelo Sporting, a verdade é que Diego Capel foi um dos poucos jogadores que esteve em evidência esta temporada.

A sua empatia com os adeptos do clube é grande, e não é de estranhar que o espanhol fale da experiência no Sporting como dos «melhores anos» da sua carreira.

«Foram dois anos espetaculares, os melhores da minha carreira. Estou muito agradecido, não só ao clube como também aos adeptos que me acarinharam muito e isso não se esquece», disse ao jornal “A Bola”, a partir de Vallecas onde participou num jogo entre  a seleção andaluza e a seleção de Madrid.

O jogador aceitou analisar a temporada dos leões, lamentando as consecutivas trocas de treinador.

«Desestabilizou e fez com que a primeira volta tivesse sido o que foi. A segunda já foi muito melhor, de tal forma que poderíamos até ter estado a lutar por algo mais do que apenas as competições europeias».

Capel aproveitou para elogiar Jesualdo Ferreira, rotulando-o de «excelente».

Sobre o seu futuro, o extremo não se quis alongar, prometendo apenas que dia 1 de julho (data do primeiro dia de estágio do Sporting) estará em Alcochete para iniciar a pré-temporada.

«Respeito muito o Sporting e sobre isso não vou fazer comentários. Tenho mais três anos de contrato e no dia 1 de julho, data para que está marcado o regresso ao trabalho em Alvalade, lá estarei. Depois disso, logo se verá o que o futuro reserva».

Diego Capel tem contrato com o Sporting até 2016 e uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.