Francisco J. Marques disse que nas duas primeiras jornadas da edição 2019/20 não viu erros de arbitragem e recordou que, na época passada, foi "um fartar de vilanagem nas últimas três saídas do Benfica" .

"Os contadores estão a zero para todos. Estas duas primeiras jornadas no que à arbitragem diz respeito, acho que não correram mal. Houve erros chamados normais, sem erros graves nos jogos das duas primeiras jornadas, o que é bom sinal. Esperemos que assim continue. Importante não repetir-se o que aconteceu nas ultimas jornadas da ultima época. Recordamos o que aconteceu no Feirense - Benfica, no Sp. Braga - Benfica e no Rio Ave - Benfica. Esses três jogos que atribuíram de forma irregular o titulo ao Benfica não podem repetir-se, de forma a que o campeonato possa ser discutido pelos jogadores e pelos treinadores. São esses quem devem decidir o ordenamento da classificação. O que aconteceu na ponta final da época passada não está esquecido. É impossível esquecer o fartar de vilanagem nas ultimas três saídas do Benfica. Assim é fácil ganhar os jogos. Este campeonato não pode voltar a acontecer. Vamos denunciar sempre que acontecer. O campeonato tem de ser jogado apenas e só pelos jogadores e treinadores. Nas duas primeiras jornadas, nada a apontar", disse o dirigente portista no programa do Porto Canal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.