Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, voltou a atacar Pedro Guerra, um dos visados no caso dos emails denunciado pelo dirigente portista.

Em declarações ao Porto Canal, Francisco J. Marques comentou as recentes declarações do antigo diretor de conteúdos da BTV sobre o facto de manter conversas com antigos árbitros.

"Pedro Guerra seguia uma estratégia definida por Luís Filipe Vieira. Estava a seguir um guião e mostra quem o estabeleceu. Pedro Guerra continua a mentir, depois de ter dito há uns meses que os emails não existiam, que não se lembrava e agora já veio dizer que conversava com ex-árbitros após os jogos. Acho que é de salientar o esforço de Pedro Guerra para ilibar Luís Filipe Vieira", começou por dizer o diretor de comunicação do FC Porto.

"Tem dito ao longo dos tempos que a ligação com o Benfica sempre foi ténue, que era um simples comentador da BTV. Todos sabemos que não é verdade, mas a partir do momento em que começamos a revelar algumas destas trapalhadas em que o Benfica se meteu, todos percebemos que Pedro Guerra desempenha um papel importante que ainda não percebemos bem. Só assim se explica que o Pedro Guerra não tinha, nesta altura, um salário no Benfica, mas sim dois salários", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.