O defesa portista Jorge Fucile viu hoje confirmada a fractura da clavícula esquerda, sofrida no jogo de quinta-feira no reduto do Spartak de Moscovo, da Liga Europa de futebol, e deverá falhar o resto da época.

O departamento clínico dos “dragões” confirmou hoje o pior cenário, resultante da queda do jogador uruguaio no relvado sintético do estádio da equipa russa, embora a lesão não implique qualquer intervenção cirúrgica.

Fucile ainda poderá voltar antes do final da época, mas é certo que falhará a segunda “mão” das meias-finais da Taça de Portugal (quarta-feira, na Luz) e igualmente as meias-finais da Liga Europa.

Após a jornada europeia, os “dragões” folgaram hoje e regressam aos trabalhos na manha de sábado, no Centro de Treinos do Olival (Gaia), para aquele que será o único ensaio antes da recepção aos “leões”.

A seguir à sessão matinal, o treinador André Villas-Boas será o protagonista do encontro com os jornalistas, onde fará a antecipação do último “clássico” do campeonato.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.