Paulo Futre considera que vai ser difícil Iker Casillas recuperar a titularidade na baliza do FC Porto. Recorde-se que o guarda-redes espanhol ficou no banco de suplentes no jogo com o Leipzig, para a Liga dos Campeões, e na receção ao Paços de Ferreira, para o campeonato.

Em entrevista à rádio espanhola Cadena Ser, o ex-jogador enumerou três possíveis cenários para o afastamento do internacional espanhol.

“Existem três versões: a primeira, que avançou Sérgio Conceição, de que terá sido uma opção técnica. A segunda, e vou mais por aí, tem a ver com o telemóvel. Quando saíam do hotel para o jogo da Champions, na Alemanha, penso que o telemóvel estava proibido e que o Iker foi apanhado a usar o dele. E o Sérgio, que tem uma personalidade forte, não perdoou. E a terceira, que é menos fiável… O Óliver não joga há muito tempo e penso que há um grupo de espanhóis e sul-americanos que não estão muito contentes com essa decisão. Diz-se que Casillas é o líder desse grupo. Não vou muito por aí”, disse Futre.

“Não vejo nenhum problema técnico ou tático para aquela decisão. Acredito que foi um problema de indisciplina. O Iker está sempre nas redes sociais. Vou mais por aí”, acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.