Em entrevista ao jornal francês L´Equipe, Gelson Martins mostra-se arrependido depois de ter empurrado o árbitro Mikael Lesage nm partida entre o Mónaco e o Nimes.

O jogador português acabou por ser expulso e suspenso até novembro, depois do cancelamento da Ligue 1.

O extremo admitiu ter vergonha do que fez, contudo, considera exagerada a prorrogação do castigo.

"Percebo totalmente que o que fiz não foi correto. Ninguém deve fazer aquilo. Sou pai e tenho vergonha que os meus filhos vejam as imagens do que fiz. Fui castigado e foi pesado. Aceitei a sanção. Vê-la prolongada foi como levar uma facada no peito", referiu, recordando ainda pediu desculpa ao árbitro.

"Pedi desculpa pelo que fiz ao árbitro e a toda a gente. Aceitei e paguei por isso. Foi complicado, passei um tempo sem jogar. Estou triste, mas aprendi com o castigo. O que posso dizer é que nao voltará a acontecer."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.