O Vitória de Setúbal confirmou, este domingo, o regresso de Gonçalo Paciência ao FC Porto. Os 'dragões' acionaram a cláusula de cedência do avançado aos sadinos, que permite aos 'azuis e brancos' resgatarem o futebolista durante o mês de janeiro,

Em comunicado, o Vitória refere que, “por estar a ser chamado pelo clube do seu coração”, Gonçalo Paciência não quis continuar no Bonfim.

A formação sadina perde assim o seu melhor marcador com 11 golos na presente época (cinco no campeonato, cinco na Taça da Liga e um na Taça de Portugal).

Confira o comunicado do Vitória de Setúbal:

A Vitória Futebol Clube - SAD informa que o FC Porto lhe comunicou a vontade de acionar a cláusula do contrato de empréstimo de Gonçalo Paciência, celebrado no início da temporada desportiva, que lhe permitia resgatar o avançado em janeiro.

O presidente da Administração da sociedade vitoriana, Vítor Hugo Valente, contactou o jogador para saber qual era a sua vontade, por considerar que esta é importante nestes casos, e Gonçalo Paciência disse-lhe que, por estar a ser chamado pelo clube do seu coração, não queria continuar no Vitória FC e pretendia regressar ao Porto. Perante estes dados, a Administração da Vitória Futebol Clube - SAD não podia impedir a saída de Gonçalo Paciência e está já à procura de alternativas para o avançado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.