O guarda-redes Bruno Diniz terminou o período de empréstimo ao Gil Vicente e regressou aos brasileiros do Náutico, confirmou hoje à Lusa fonte do clube que alinha na I Liga de futebol.

O guardião, de 26 anos, abandona a formação de Barcelos sem ter cumprido qualquer minuto, naquela que foi a primeira experiência fora do Brasil, depois de várias épocas ao serviço do Náutico, intercaladas com uma breve passagem pelo Santa Cruz de Natal.

Ainda sem reforços anunciados para 2020/21, os minhotos já tinham confirmado o fim dos empréstimos do defesa Arthur Henrique (cedido pelos brasileiros do Ferroviária), do médio Bozhidar Kraev (regressou aos dinamarqueses do Midtjylland) e dos avançados Sandro Lima, Yves Baraye e Zakaria Naidji, que pertencem aos quadros de Grêmio Anápolis, dos italianos do Parma e dos argelinos do AC Paradou, respetivamente.

O Gil Vicente oficializou hoje o treinador Rui Almeida como sucessor de Vítor Oliveira, que conduziu os ‘galos’ a uma campanha tranquila na I Liga, culminada na 10.ª posição, com 43 pontos, 10 acima da zona de despromoção, numa temporada assinalada pelo regresso administrativo à elite, a partir do Campeonato de Portugal, após o ‘caso Mateus’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.