A 12 de julho de 2014, o guarda-redes espanhol compareceu na sala de imprensa do Estádio Santiago Bernabéu para ler o seu comunicado de despedida.

A emoção na hora de dizer adeus era muita e Casillas não conseguia impedir que lhe rolassem algumas lágrimas sempre que tentava ler o comunicado que trazia preparado.

"A decisão de ir para o FC Porto teve por base a confiança que me foi transmitida pelo presidente, treinador e toda a equipa (…) Agradeço ao Porto por ter confiado em mim", começou por dizer Iker Casillas.

Casillas despede-se em lágrimas
Casillas despede-se em lágrimas
Ver artigo

Depois dirigiu-se aos adeptos do Real Madrid explicando que "chega um dia difícil, o de dizer adeus", de seguida referiu que a pessoa que se tornou se devia essencialmente ao clube onde passou 25 anos.

"Este clube formou-me como pessoa, ajudou-me a crescer, com valores como respeito, companheirismo e sobretudo humildade. Levo estes valores para onde for", declarou, na altura.

Casillas reafirmou no fim do comunicado o seu madridismo: "Obrigado, obrigado, mil vezes obrigado. Nunca vos esquecerei e onde for continuarei sempre a gritar 'Halá Madrid!'".

Na altura, Iker Casillas tinha 34 anos e tinha feito toda a sua carreira no Real Madrid, ao serviço do qual venceu três Ligas dos Campeões, um Mundial de clubes, duas Taças Intercontinentais, duas Supertaças Europeias, cinco Ligas espanholas, duas Taças do Rei e quatro Supertaças de Espanha.

Ao serviço da seleção espanhola, o guarda-redes tinha ainda conquistado dois Europeus (2008 e 2012) e um Mundial (2010).

Passaram quatro anos desde que o guarda-redes espanhol disse 'adeus' ao Real Madrid e muito aconteceu desde então. Neste momento, Casillas está perto de pendurar as luvas, depois de ter sofrido um enfarte do miocárdio no passado dia 1 de maio, durante um treino do FC Porto.

Mas, quer deixe os relvados ou não, o certo é que Casillas já deixou a sua marca no único clube que representou além dos merengues. Em quatro temporadas, o guardião fez 156 jogos com a camisola dos dragões e conquistou um campeonato nacional (2017/2018) e uma Supertaça (2018).

Recorde a emotiva despedida de Casillas do Real Madrid:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.