Belenenses SAD e Tondela não foram além de um empate a uma bola, em jogo da 29.ª jornada da I Liga. Para as duas equipas, é um ponto ganho na luta pela manutenção, com os azuis a somarem 31 e a equipa beirã a chegar aos 30. Ronan fez o tento do Tondela, Cassierra o do Belenenses SAD, que jogou com mais um desde os 53 minutos  mas viu o adversário criar mais perigo, mesmo com menos um.

À medida que o campeonato aproxima-se do fim, cresce a angústia, a pressão. O 'joga bonito' dá lugar ao pragmatismo, redobram-se atenções, os erros custam mais caro. Para quem está na parte de baixo da tabela, todos os pontos são uma dádiva.

Foi com esta pressão que o Belenenses SAD recebeu o Tondela na Cidade do Futebol. Duas equipas à precisarem de pontos como de pão para a boca, dada a situação na tabela. Os de Petit com 29 pontos, mais um que os homens de Natxo González. As duas equipas entraram nesta ronda com o mesmo registo desde o regresso da I Liga: uma vitória, um empate e duas derrotas. Já sabendo da vitória do Marítimo e do Portimonense, equipa que está a aproximar-se dos lugares de permanência, as duas formações entraram em campo com a baliza na mira, já que só a vitória interessa.

Nesse aspeto, o Tondela parecia mais determinado. Richard fez de Maradona, fintou dois na área mas foi desarmado a hora do remate, aos seis minutos. Mas, três minutos depois, veio mesmo o golo da equipa beirã: Pepelu meteu um livre na área, Ronan ganhou a Nuno André Coelho e fez o 1-0, de cabeça.
Um golo no limite já que o avançado estava em jogo por... zero centímetros.

O Belenenses SAD atacava mais mas o Tondela era quem criava mais perigo. No minuto 38 um centro de Richard só não chegou a Ronan na pequena área porque Ruben Lima fez um corte fantástico.

O golo haveria de aparecer na outra área, por Cassierra. Licá fez uma incursão pela direita, entrou na área e meteu atrasado para o avançado encostar para o golo.

Ao intervalo, Petit trocou Phete por Ricardo Ferreira, jogador que regressou ao relvado um ano e meio depois. Não jogava desde 6 de janeiro de 2019 pela formação B do SC Braga. O seu último jogo na I Liga foi a 3 de janeiro 2018.

O segundo tempo foi quase todo do Tondela, apesar de a equipa beirã jogar com menos um desde os 53 minutos, depois de duas infantilidades de Jaquité: viu amarelo aos 51 minutos após falta dura sobre André Santos. Repetiu a dose, aos 53, travando Marco Matias que ia em contra-ataque: dois amarelos em dois minutos. Antes do vermelho, André Moreira tinha evitado o 2-1, numa bola que ia dando autogolo de Esgaio.

Curiosamente, o Tondela passou a jogar melhor, mesmo com menos um. Os de Natxo González eram mais eficazes na saída para o ataque, mais diretos. Richard disparou uma 'bomba' aos 57 que saiu a rasar o poste direito de André Moreira.

Petit tentou inverter o rumo de jogo, dando mais criatividade na zona central: fez entrar Silvestre Varela e Nuno Henrique, nos postos de Show e Nilton Varela e mais tarde Edi Semedo e Keita. Silvestre Varela, que tinha entrado, ressentiu-se de uma lesão e voltou a sair.

No Tondela entraram também Jonathan Toro no lugar de Jhon Murillo, Strkalj no posto de Ronan e António Xavier por Richard.

O minuto 76 foi de muitos calafrios na baliza do Belenenses SAD. André Moreira saiu para pontapear uma bola mas bateu contra um colega de equipa. Strkalj acabou por não conseguir ficar com a bola. No mesmo minuto o guarda-redes português saiu mal a um cruzamento, Strkalj chegou primeiro e desviou mas a bola bateu com estrondo no poste. Muita sorte para os azuis.

André Moreira redimiu-se aos 79, negando o golo a Straklj, com uma defesa fantástica, a cabeceamento do avançado do Tondela.

Aos 91 minutos, Licá teve a vitória nos pés mas Cláudio Ramos, com uma saída destemida, negou as intenções do avançado do Belenenses.

Com este empate, o Belenenses SAD, que somou o quarto jogo sem vencer, está em 14.º, com 31 pontos, enquanto o Tondela, que vai em três jogos sem ganhar, é 15.º, com 30. O Portimonense, primeira equipa em zona de despromoção, soma 27 pontos.

 Veja o resumo do jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.