Lazaroni, Alex Hauw, Davide, Tiago Rannown, Bellagra, todos impedidos fisicamente, e Ouattara, com um jogo de suspensão para cumprir, não integraram a comitiva navalista que no final do treino desta manhã seguiu para o Funchal.

Face à ultima convocatória (vitória por 3-2 sobre o Gil Vicente, para a Taça de Portugal), o treinador da Naval 1º de Maio apenas integrou Lupède, deixando de fora por opção o único disponível do plantel, o guarda-redes Bruno.

"Sabemos que vamos defrontar uma equipa de enorme potencial, quarto na tabela, com uma excelente dinâmica de jogo, porém sabemos também que neste campeonato os resultados são muito imprevisíveis", afirmou Inácio.

"Nunca se sabe quem ganha a quem, daí mantemos o nosso objectivo, vencer seria o ideal, mas se não perdermos será um bom resultado" perspectivou o treinador da equipa da Figueira da Foz.

Sobre a onda de lesões que ultimamente tem assolado a equipa, Augusto Inácio salientou que este é um facto normal nas equipas de futebol. "Não nos podemos deixar minimizar, há que procurar alternativas e soluções mas nunca desculpas por inferioridade", comentou.

"O nosso ritmo de jogo pode ser diferente devido a tanta ausência, mas o facto não nos belisca a confiança que é ilimitada em relação a todos os jogadores que constituem o grupo de trabalho", rematou Inácio.

O jogo entre Nacional, quarto classificado, com 17 pontos e Naval, 11.º da geral, com 10, disputa-se sábado, pelas 17:00 no Estádio da Madeira, no Funchal, com arbitragem de Jorge Tavares, de Aveiro.

Lista de convocados:

- Guarda-Redes: Peiser e Jorge Batista.
- Defesas: Lupède, Diego, Daniel Cruz, Carlitos, Real, Gómis e Zé Mário.
- Médios: NKake, Baradji, Kovacevic, Godeméche e Camora.
- Avançados: Michel Simplício, Bolívia, Tandia, Kerrouche e Márinho

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.