A inscrição do avançado croata Petar Musa, contratado pelo Benfica ao Boavista há quase dois meses, já deu entrada na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), depois de ter estado bloqueada devido a dívidas dos ‘axadrezados’.

Atualizada na sexta-feira, a lista de transferências oficiais rececionadas pelo organismo incluiu o dianteiro como atleta inscrito pelo clube do Bessa - onde jogou por empréstimo em 2021/22 - pela primeira vez desde que foi ativada a opção de compra do seu passe.

Na origem do atraso esteve um impedimento de inscrição de novos jogadores imposto pela FIFA ao Boavista, motivado por uma dívida de 200 mil euros ao defesa Adil Rami, que foi campeão mundial por França em 2018 e representou as ‘panteras’ em 2020/21.

Os ‘axadrezados’ pagaram em maio aos checos do Slavia Praga os 3,5 milhões de euros (ME) equivalentes à cláusula de compra contemplada no acordo de cedência de Petar Musa, que, posteriormente, foi contratado a título definitivo pelo Benfica, por cinco ME.

Desde então, a impossibilidade de o inscrever como atleta do Boavista acabou também por inviabilizar a transferência do respetivo certificado internacional para as ‘águias’, que, de acordo com a imprensa, terão pedido à FIFA que acelerasse a resolução do impasse.

Petar Musa, de 24 anos, fez 12 golos e quatro assistências nos 31 duelos realizados em 2021/22 pelo Boavista e cumpriu os primeiros minutos pelo Benfica na pré-época na reta final da vitória ante os espanhóis do Girona (4-2), na sexta-feira, em Genebra, na Suíça.

O avançado croata é a única novidade na lista de inscrições do Boavista, que já reunia o guarda-redes Rafael Bracali, os defesas Pedro Malheiro e Filipe Ferreira e o médio Bernardo Silva, todos com vínculos renovados recentemente, além do jovem Joel Silva.

De fora permanecem os sete reforços oficializados pelo conjunto orientado por Petit para 2022/23, tais como o guarda-redes César, os defesas Robson Reis e Vincent Sasso, os médios Bruno Lourenço e Masaki Watai e os dianteiros Salvador Agra e Róbert Bozeník.

“O clube recebeu apenas na segunda-feira [20 de junho] a autorização para participar no campeonato e também vai ter a sua autorização para comprar jogadores”, assegurou no dia 22 do mês passado o acionista maioritário da SAD dos ‘axadrezados’, o empresário hispano-luxemburguês Gérard Lopez, numa entrevista concedida à rádio francesa RMC.

O Boavista desloca-se ao Portimonense na ronda inaugural da edição 2022/23 da I Liga, em 07 de agosto, dois dias após o Benfica iniciar a prova com uma receção ao Arouca, que vai ser intercalada pelo duplo compromisso da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões frente aos dinamarqueses do Midtjylland ou aos cipriotas do AEK Larnaca.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.