Ivo Vieira, técnico do Vitória SC, considerou que a sua equipa falhou na eficácia e que foi isso que fez a diferença numa derrota que afasta os vimaranenses dos lugares europeus.

Diferença esteve na eficácia
"Aquilo que o Vitória fez na primeira parte, podia ter feito um ou dois golos nessa altura. A eficácia que o Benfica teve fez a diferença. Na segunda parte o Benfica entrou a controlar e, quando nós estávamos novamente a crescer, uma vez mais o Benfica marcou.W eigl devia ter visto o segundo amarelo?
Nós, treinadores, devemos falar de futebol e não escondermo-nos atrás do árbitro. A minha função aqui é discutir táticas e não o que os árbitros fazem"

Mudança de estratégia para jogar na Luz?
"Gosto que a minha equipa tenha bola, mas face à qualidade do adversário, às vezes temos de jogar mais em transição. E claro que isso faz parte da estratégia, baixando as linhas para não sofrer golos. mas o que trabalho é para que a minha equipa tenha o mais tempo possível a posse de bola"

Quinto lugar ainda é possível?
"Há sempre uma réstia de esperança, mas temos de ser realistas. É muito difícil e assumo essa falha do quinto lugar. É um objetivo que não conseguimos, taç como não conseguimos chegar longe na Taça de Portugal. Fizemos uma boa campanha na Taça da Liga e na Liga Europa, mas uma coisa não anula a outra. Há uma réstia de esperança de chegar ao quinto lugar, vamos fazer tudo para ganhar os nossos dois jogo, mas muito dificilmente os outros dois perdem os dois jogos que lhes faltam"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.