José Eduardo Bettencourt reagiu esta noite às críticas de Izmailov aos responsáveis do Sporting e não se coibiu de recordar algumas atitudes que lhe desagradaram. Embora considere o russo "um óptimo rapaz", Bettencourt lamenta o comportamento recente do jogador.

"O Sporting nunca castigou o Marat por não ter jogado frente ao Atlético. Porque a partir do momento em que um jogador diz ter uma dor, damos o benefício da dúvida. Foi, sim, considerado culpado pela viagem ao estrangeiro sem autorização", começou por explicar José Eduardo Bettencourt, em entrevista à RTP1.

O caso com o russo no jogo da época passada da Liga Europa mereceu ainda uma revelação de Bettencourt. "Izmailov tem sido um poço de contradições. Alguma coisa se passa com este comportamento. Agora não admito que nenhum jogador me minta. Ele mentiu ate à ultima numa reunião, dizendo que não tinha viajado até Moscovo. Há muita coisa a interferir com a vida de Izmailov. Umas imagino, outras nao faço ideia", sublinhou. 

O 'falhanço' Pongolle

Mudando de jogador, o presidente do Sporting pronunciou-se sobre o alegado fracasso de Pongolle nos leões. "O Pongolle é um jogador com mercado, que chegou a ser procurado por clubes franceses e espanhóis. Mas teve problemas pessoais que o marcaram. Tudo o que corre mal é um mau investimento", frisa Bettencourt, chamando novamente a si a responsabilidade por tudo o que acontece no clube: "Quanto ao Pongolle assumo toda a responsabilidade no falhanço da sua contratação, mas ele até pode estar mais adaptado no próximo ano." 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.