“A vitória parece-me exagerada. Fomos a melhor equipa na primeira parte e tivemos infelicidade no primeiro golo do adversário”, disse o treinador dos “azuis”, João Carlos Pereira, após o desaire caseiro, lembrando o toque em Manu, a desviar a trajectória do remate de Cristiano.

O técnico da casa afirmou que a sua equipa, mesmo em desvantagem, entrou “bem na segunda parte”, mas realçou a falta de “discernimento” dos jogadores, considerando que, apesar da derrota, “o objectivo principal não está perdido”.

Já do lado dos pacenses, o treinador Ulisses Morais estava “satisfeito e feliz”, depois de uma “vitória gratificante” e elogiou o “esforço do grupo de trabalho”, reiterando que os seus jogadores “são a imagem do clube, gente humilde e trabalhadora”.

O técnico dos “castores” considerou a vitória “justa e segura, contra uma boa equipa”, que vai “dar confiança a todos”, de forma a atingir o principal objectivo, que é a “manutenção” na Liga principal de futebol.

Ulisses Morais deixou ainda uma mensagem de “continuidade e confiança” aos jogadores e equipa técnica do Belenenses, que atravessam uma fase menos positiva, algo que “pode acontecer a todos, estejam nos primeiros ou nos últimos lugares”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.