Após a polémica sobre as trajectórias erráticas da bola, que marcaram o arranque do Mundial da África do Sul2010, a Jabulani também motivou fortes discussões em Portugal, mas devido à sua cor.

A jornal Correio da Manhã adianta hoje queixas de “um grupo de pessoas daltónicas” de que a cor laranja da bola se confunde com o relvado, tornando difícil o acompanhamento dos lances nos espectáculos ao vivo e nas transmissões televisivas de encontros de futebol.

“Mal tomou conhecimento desta eventualidade a Liga pediu informações ao fabricante da bola e solicitou que, a ser verdade, a mudança da cor da mesma. Para a Liga devem ser criadas condições técnicas e humanas disponíveis e possíveis para que todos os adeptos e cidadãos possam usufruir do espectáculo do futebol”, disse à Agência Lusa uma fonte da Liga de Clubes.

A mesma fonte sublinhou que “se for comprovada essa necessidade a bola poderá mudar já em Novembro”, lembrando que “os clubes já estão a utilizar as bolas” fornecidas pelo fabricante alemão de equipamentos desportivos Adidas.

A mudança da cor dependerá em última instância de uma decisão da direcção da LPFP e a Adidas terá já tido conhecimento desta situação por parte da Liga de Clubes.

Ainda assim, a mesma fonte da Liga nota haver “campeonatos onde essa bola é usada, nomeadamente nos países nórdicos”.

A Jabulani continua envolvida em polémica, depois de ter sido alvo de fortes críticas antes e durante o Campeonato do Mundo de futebol da África do Sul2010, sobretudo por parte dos guarda-redes.

A esfericidade da Jabulani e os materiais utilizadas na sua construção levam a que a bola descreva trajectórias estranhas, que surpreendem os jogadores com funções defensivas.

Os atacantes também fizeram ouvir críticas devido à dificuldade em executar os remates, uma que a bola muda frequentemente de direcção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.