Jaime Magalhães, antigo jogador do FC Porto, não dá como garantida a continuidade de Danilo Pereira no Dragão.

O antigo médio dos azuis e brancos salienta ainda que o mercado de transferências apenas encerra no final de agosto e que a vontade do capitão portista também poderá ser fundamental no processo.

"É do interesse do jogador sair. Já há algum tempo que o Danilo disse que ia sair. Por outras palavras, desejava ir para outro campeonato. A ver vamos se conseguimos que o Danilo não saia. Tudo é possível, enquanto o mercado estiver aberto. Neste caso, se for bom para o clube e para o jogador, fica tudo beneficiado. O FC Porto diz que o jogador é intransferível. Nunca se sabe o dia de amanhã. Pode vir outro clube, porque o Danilo tem valor suficiente para jogar em qualquer clube do Mundo", afirmou Jaime Magalhães, em declarações à Rádio Renascença.

"As coisas começam a aquecer um pouco quando estamos muito tempo juntos e há sempre uma pequena confusão, sempre aconteceu, mas nunca sai da família. Está tudo resolvido", acrescentou Jaime Magalhães sobre o desentendimento entre Danilo e Sérgio Conceição.

Recorde-se que o FC Porto revelou, esta terça-feira, ter recebido uma proposta do Mónaco, treinado pelo português Leonardo Jardim, por Danilo, mas que recusou, adiantado que o futebolista "é esta época intransferível".

Danilo Pereira tem contrato com o FC Porto até junho de 2022 e uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

O internacional português esteve no centro das atenções na última semana, depois de uma discussão com o treinador Sérgio Conceição na segunda-feira à noite, no estágio no Algarve.

Mais tarde, na quinta-feira, Danilo foi reintegrado nos treinos com o restante plantel, no Porto, e foi já no sábado o capitão da equipa na apresentação aos sócios e foi mesmo dos mais aplaudidos no Dragão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.